sábado, 27 de outubro de 2007

Génio da Literatura

Por causa disso.
Palavras que seguem, renascem.
palavras que são. Conseguidas renascidas ditas, tais como o que é dito. Continuado. Por continuar. palavras continuadas. Sempre continuadas.
Ter dito isto como sempre renascido. Como sempre ser possivel, recomeçar.
Reiniciar tudo isto.

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

domingo, 21 de outubro de 2007

JK Rawling é filha de gay? E que caralho interessa isso?

Parece que os livros de Rawling terminam "mal".
Um termino que ela propria dá á sua vida. De escritora. De frete.
Mexer nas palavras não é inconsequente porque pode ser sempre mudado. Como qualquer outra coisa na vida. Por isso, Rawling pode perdoar-se primeiro a si própria.
Os livros que Rawling escreveu para crianças, manifestam-se agora, como tão inválidos como o fim que ela lhes deu.
Rawling nunca gostou das crianças. usou-as.
Nada que as crianças, e os seus pais, não estivessem de acordo. Porque ambos os consumidores e produtores são produtos de excrecências mentais de adultos. Da época. No mesmo sentido Carlos TÊ e Rui Veloso preparam frete semelhante para crianças com ambições pessoais semelhantes. Nada que não tenham tentado na sua "carreira" (camioneta).
Não fosse a sua riqueza, Rawling teria sido declarada, pelas mesmas declarações, inabilitada para se aproximar de qualquer criança. Coisa menor. Eu sugiro, proibida de se aproximar de um livro? Isso sim. Mas o dinheiro é um estatuto. E muto dinheiro é inimputabilidade.
A criança, para quem Rawling escreve, é ela mesma.
Ressentida com o seu pai (olha a qui o discursozinho psi), furiosa com os de pelos na cara (olha aqui os discursozinho social), a quem por ausencia de "talento" (olha aqui o discursozinho institucional) chama "gay". Fácil. E resulta. Mas só se for rica e viver isolada.
TÊ nunca tinha pensado nisso, porque ficou bloquedo por Gore Vidal.
Para pegar no discurso psi, claro que Rawling barafusta contra o seu pai - que a teoria psi aceita aqui como gay - mas se o seu pai era "gay", como raio foi ela concebida? Ou é irmã de Jesus? A não ser que o seu pai fosse Jessus e esse sim seria quem é o Carlos TÊ. Ou coisa pior.

Para quem escreve para crianças daquela maneira, não poderia ser outra coisa. Rawling não tem nada nos seus livros. Eu tambem não nos meus - espero -. mas pelo menos são livros. Ela editou, eu nunca, mas por convicção, porque acho que os meus são maus.
Não me lembro de ter feito qualquer juizo acerca do comportamento sexual de outrem.
Não porque não consiga.
Apenas...que importãncia teria?
Rawling isolada do mundo é como o mundo, faz juízo. Crucifica o Cristo, na primeira cruz que encontrar. E vê pecadores nos barbudos.
Ou não?
Ou é só um truque para ganhar dinheiro? Ainda é?
Ou já tem o que queria e por isso pode pagar para dizer o que lhe interessa?
"I don't know" como diriam os egipcios. Ou os turcos, ou os gays. Ou os D'Acolá.
Os outros são sempre maus. Ruins! E nossos amigos ao mesmo tempo.

sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Os audis, os mercedes, e a putaria portuguesa.

Ontem, parecia que um Audi me acossava. Não etendi a mesagem dele. Porque não havia mensagem nehuma, apenas um condutor embriagado coberto por um Audi. Que era uma gaja e um puto. Ou invertendo a polaridade uma puta e um gajo. Nada de execrável. Mesmo assim.
Resolvi abrandar a marcha para o limite de tráfego de lei.
Fui insultado.
Parece que os carros potentes em Portugal não gostam da lei. Ou tal como para a policia´adquirem uma obscura sobreposição á lei. Mas só acima de tal cilindrada, presume-se.mas não é definido. O tal sinal «40» diante das escolas, é uma afronta a esses carros. Mas a perseguição ao cigarro e o elogio ao inócuo Ómega 3 (mais um Ovni?) são as grandes conquistas de uma geração vazia de colhões. Que "acha" que é poder. Que por ter um puto ou uma conta para pagar são supriores a qualquer coisa.
Não são.

Euromilhões

Hoje ía comprar tabaco á "minha" Tabacaria.
Mas deparei-me com uma fila, enorme, e lembrei-me "deve ser sexta-feira" E era.
Os portugueses pelos vistos têm muitos "projectos" que precisam de dinheiro. E muitas sextas-feiras nas suas vidas.
Mas os seus principais projectos são o de estar numa fila.
Os portugueses adoram filas. Então á sexta-feira isso parece ser um ritual ou um cerimonial vá-se lá saber - sem Claude Levi-Strauss. Filas para qualquer coisa. Os portugueses, proficuos em construirem uma vida, querem que a vida seja, brilhantemente (nenhum país do mundo pensou assim), paga. A marca italiana deve ter ganho muito dinheiro em Portugal.
Mas não se conhece nenhum projecto português resultado da sua criatividade social. Aliás a criatividade social, nunca aconteceu em Portugal porque não havia filas para isso. E para um português se não havia filas era porque era mentira.
A não ser copos. Uma benção. Nunca há filas para copos.
Na verdade os portugueses não têm projecto nenhum. Têm um projecto de se vingarem do vizinho, habitualmente mais próspero.
Daí a expectiva na Graça Divina. Mas a graça divina são eles que poderiam não ter inveja do próximo.
E os portuguese têm inveja do próximo porque para isso não é preciso filas.
Isso vale mais do que uma expectativa num qualquer premio de "dinheiro". (Eu conheci uma pessoa a quem saiu o totoloto, hoje é absolutamente senil, quer dizer, tem um bar).
Mas os portugueseses nunca pensaram o que podem fazer pelo vizinho mais próspero. Normalmente fazem coisas pelos "pobres", pelos "sem-abrigo" ( á Abrunhosa, ideologia da vitima e do vilão) mas não pelos ricos. E nunca perceberam a diferença, tal coisa (tal como nos Abrunhosas) não encontrou o cérebro porque em tais casos não há. A menos que se faça fila para isso.

Espero que esta semana o Euromilhões saia a mais um português. Porque normalmente ele vai gastar o dinheiro a paises exoticos (que, segundo um estudo exótico) como Estados Unidos - Berckeley, por noma - e onde há bibliotecas. Tipo United Kingdom -Birmigham.

Já agora os numeros para esta semana disse-me um amigo meu chamado Zandinga são o coisinho, o tal, o pois , o tal outra vez, e o nunca; e os suplementares são o não-sei-quantos e o não-sei-quantos da semana anterior.
Mas na proxima semana serão os mesmos. Disse-me ele. E mais uns Astrólogos reputados. Com Deus e tudo.
Mistério!

"A Guerra", qual? De audiências claro.

Não houve guerra nenhuma.
Pelo menos eu não me lembro.
Ah estão a falar da guerra europeia (nem europeia foi, foi uma guerra de interesses industriais) a que por complexo designaram "mundial"?
Ou falam de uma guerra que um regime ("NOVO", não se esqueçam) propagou para vilões da época hoje se tornarem heróis?
E que fizeram esses herois? Salvaram vidas, expandiram o saber cristão em África?
Hoje voltou o medo ideológico para os televisivo-dependentes, aqueles que já não criam nada.
Para comentadores - como eu agora aqui. Com opinião e tudo. Fancy life. Eia.
A guerra nunca existiu a não ser na cabecinha de umas quantas vitimas, que enquanto lá andaram nunca se pugnaram pela sabedoria cristã. Ou qualquer outra sabedoria que não fosse a da OBEDIÊNCIA hierarquica.
Essa gente está a tentar criar em Portugal uma ideologia do martirio. Não consegurão porque não é a realidade. Uma ideologia da vitima, para criar novas vilanias. E novos vilões para criarem novas vitimas.
E são os vilões que não foram á guerra e se aproveitam de um facto limpo para se "expandirem" no regime vigente. Quem? Os autores do documentário. Não me comovem os Furtados.
Isto é um produto mediático, televisivo, a la Barreto. Uma ideologia concreta sem qualquer alegria - ressentimento, pouca verdade -obscurantismo de proposito,, e nenhum amor - é mais frete. Tal coisa existe? É credivel? Num país habituado ás sopas Campbell é.
Os midia (grande parte) não tem assunto. Têm que o inventar.

E isto não é teoria da conspiração. È Conspiração mesmo.

De que é este documentário está a desviar a atenção?
Quem está a ganhar com isso?
Aliás os midia inventam factos, tal como o homem que foi á lua. Coisa que nunca aconteceu, segundo os proprios media.. Nem o 11 de Setembro, segundo os proprios media.
Aliás a vida não está a acontecer agora. Neste momento e neste local. Aqui.
Não, são tudo inveções. Segundo os media. E são. Invenções de quem inventa o futuro. Não o passado. O passado aconteceu na perfeição. Para que hoje se possa estar aqui a ler isto.

Mas os soldados da mente continuam com a ideologia da guerra. primeiro porque de facto não souberam criar um real sociedade nova, criativa. Nem quiseram aceitar a sua propria história. E intentam criar nova guerra.
"A guerra" é documentário para esquecer. Mas não faltarão os soldados mentais que lembrarão coisas á mente. Esquecem-se que uma grande parte da história é futuro. Talvez a maior parte.
Porquê o sucesso televisivo? Pela simples razão de serem seres a-criativos, que pensam que são poder, e estarem habituados s serem comandados por um cabo, mas
cada vez que aparece um tenente bêbado batem palmas.

A sociedade portuguesa não existe. Só esxiste é o mito de uma tal coisa.

A historia da guerra colonial está por fazer. Mas já foi feita, nessa época. Concerteza. Mas isso só interessa aos soldados mentais.
Prefiro a história da musica ou da dança ou a história da alegria em Portugal.
Estão a ver a diferença?
Ou estão á espera que os Media vos expliquem?
Nunca vai acontecer. Não há lá alegria nenhuma. Nos media.

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

POLITICA PORTUGUESA

A politica em potugal é baseada no tristes que não olharam as estrelas. Pais do que nunca foram estrelas.
A politica em portugal é feita por Horácios.
Quem dera, acho que a maior prte dos genios politicos de bares e em BMW sabem quem foi Horácio - talvez um bar, ou uma nova banda?? Uma merda lá para o Bairro Alto, quando o Bairro Alto já FOI há 45 anos. Ou menos.
A ciencia é feita pelos mesmos tristes. - perseguidores de espiritos geniais. Aliás não existe ciencia nenhuma. Mas tecnologia de perseguição.
Mas porque não olharam as estrelas. Mesmo assim imbecis nas suas casa tech acham que vivem.

Uma resposta: FUCK YOU!

O CRISTO NA CRUZ É FEIO, MUITO FEIO; Isto serve para Atemorizar os crentes! MEDO MUITO MEDO é o que temos para les dar.

"Se não se portarem bem terão o mesmo fim que Jesus Cristo".
È o que quer dizer a Igreja Católica com esta MERDA de igreja.
Mas Jesus Cristo "morreu" (não morreu, mas a Igreja Católica gosta de ameaçar com a Morte - essse recurso ateneu) numa cruz, não por acaso. Onde está a ressureição?
Primeiro quem me dera ter - eu sei que vou ter - o mesmo fim e principio de Jesus.
Segundo, muito antes de Jesus, a Cruz era o sinal de Eternidade. Ainda hoje é. O simbolo da união da esquerda e da direita, do alto e do baixo. Do centro do SER.
Terceiro, a mensagem de Jesus é que Não há morte. Nenhuma.
Eu tive uma experiencia de pós-morte (num acidente) e garanto que isso da morte é uma treta. Quem gosta da morte é a CULTURA. Adora...! E a igreja Católic. E os Governos, as Finanças! Medicos e psicólogos! Adoram, porque isso lhes dá "poder". Um "poder "sobre". Infelizmente nunca perberam que o poder é "com".
Quando a mensgem de Jesus é a RESSUREIÇÂO: Mas a Igreja Catolica, nem Judeus nem qualquer MERDA ORGANIZADA conseguem pôr isso em pratos limpos, porque a RESSURREIÇÂO faz confusão a muita merda de gente que será ressurecta.
Porque será.?
Porque dá jeito. Dá jeito ameaçarem com o medo da morte, e asim terem "lucros". Ou não?
Convenções sociais, que o Plano de Deus, a Divindade, veio estragar. A realidade estraga.
A Igreja Catolica não percebeu nem um cu. Pior, não fez perceber aos seus seguidores senão o cu.
Cega. Com um ainda Cristo na Cruz, que só nortenhos CEGOS não perceberam. E esses nortenhos fazem a vida infeliz aos proprios nortenhos. Que deus nos livre deles. Que deus nos livre de quem nos pede para nos livrarmos.
A Igreja Católica não percebeu que milagres são feitos todos os dias, a toda a hora, a todo o segundo cada vez que um ser vivo decide olhar para o céu. Cada vez que decide pela fruta em vez do bife. Ou um gin Tónico.
Cada vez que nao tem dinheiro para o Taxi e o taxista perdoa. Cada vez que não paga uma multa. Cada vez que decide voltar a estudar. Cada vez que chora quando cortam as árvores. Cada vez que o preço da gasolina sobe e deixa de amar o carro. Cada vez que acha que as suas dividas ás finanças são justas. Cada vez que ganha mais num negocio do que o esperado. Cada vez que ao despedir um funcionario saber que isso só o prejudica a si. Tudo isso são milagres! Ou pensavam que milagres era só transformar a Agua Tonica em Gin?

A Igreja Católica não percebeu que os anjos somos nós, cada vez que cada um de nós nos manda á merda, ou nos dá uma cerveja, ou nos mete gasolina.

Para a Igreja Católica, Deus está num planeta qualquer, num lugar escondido do Universo e nós só temos de "sofrer" por isso.
Isso é que era bom.
Lamentvelamete a maior parte das pessoas que REALMENTE SOFRE COM A IGREJA CATÓLICA E A ADULA SÃO PESSOAS QUE A IGREJA CATOLICA NUNCA FEZ NADA POR ELAS.
Deus não está em nenhuma lua. Em nenhuma igreja.
Não está.
Deus É EU, AQUI. Nestas precisas palavras. Não em nenhuma qualquer Biblia (DEUS NOS LIVRE DA BIBLIA!!) ou al-Corão ou outros "fundamentos sociais". De cor marelada e velha.
Eu estive em Fátima varias vezes e para ser franco TODO AQUELE SOFRIMENTO É ENCENADO POR OBNOXIOS /AS ACTORES/ACTRIZES DE VIDA. Para provas viisite: http://www.yerathel.blogspot.com/.
Maus actores e más actrizes de vida que encenam um sofrimento que nem Jesus nem Deus deu.
Nem eles sofrem....!
Gente falsa. Sofrimento falso. Quando tudo é alegria na vida.
Basta ter sobrevivido a um Porto-Benfica para saber isso. Ou a um concerto dos Nirvana.
Religião? Bolshit!!

O CRISTO MUITO FEIO da Cruz.

Céus!! Aqule Cristo é Horrivel! S´uma Igreja Católica como esta permitiria tal coisa. Afinal o que esta Igreja Católica está a dizer ao seu "povo" é que é uma igreja primitiva.
E é.
Eu estva numa cadeira de barbeiro quando estas coisas se estvam a passar e ouvi as seguintes exclamções ao "povo":
"Senhor, eu não sou digno"
talvez o padre que tenha dito isso não fose mas haver milhares de cegos que o reproduzissem é obra - maior do que o cristo que só quer sair da cruz da nova igreja de fatima, e que ninguem percebe!
Mas ouvi outras misérias:
"senhor, porque me abandonaste?"
Para alem da imitação (que Cristo repudiava) óbvia de uma coisa que nam Jesus disse. A mim, Deus nunca me abandonou. E A SI? Nem em qualeur cruz Deus o abandonará. A não ser que esteja comp'letamente mocado, e mesmo assim...

Lamento à Nossa Senhora de Fátima

Lamento muito que a Igreja Catolica se tenha apoderado da VIDA de Jesus cristo para legitimar a sua maldade dessimulda sobre a Terra.
Jesus Cristo não legou a niguém a sua VIDA. Muito menos a uma "igreja". Porque a VIDA È.
Cristo amou. Como qualquer um de nós ama. A vida. Que É. Não fez mais do que qualquer um de nós. Os seus defeitos são os nossos - quotidianos.
Com Cristo ou sem Cristo.
Não precisamos de Cristo para nada, era essa a sua mensagem!
Não a de qualquer Deus. Porque o Deus que se procura está AQUI - neste post, neste coração. No coração de quem o lê.
A igreja Catolica continua a assustar os peregrinos com CONDENAÇÔES, as mesmas condenações que levaram o filho de deus á cruz..
Mas Cristo disse NEM UM, NEM SÓ UM DE VÓS CONHECERÁ O INFERNO! Porque tal coisa é invenção de padres! Para vos manter no inferno que eles tem preparado para vós nesta vida! Uma vida que devia ser dedicada ao luxo e á riqueza!!!
Mas a igreja católica quis esse poder só para si.
Quanto custou esse poder? O celibato? O sexo pela mãozinha? A pobreza infinita e o sofrimento?
Reis estupidos de Reinos e nações estupidas (Portugal, Espanha, Inglaterra, França, Italia, etc.)que legitimaram ébrios Padres?
Porcos com pérolas, em jornais, na televisão, por todo o lado. Filhos de que reino?

domingo, 7 de outubro de 2007

DEIXEI

Quando me apercebi que a Merche Romero (uma gaja calinadas) era mais popular do que eu quando estudava, deixei a Escola.
Quando me apercebi que estudar era menos nobre do que uma sapatiljhas NiKe. Deixei a escola.
Quando me apercebi que se dá dinheiro ao Cristiano Ronaldo por ele NÂO CURAR O CANCRO A NINGUEM, deixei a minha ambição pela ciência.
Quando me apercebi que dar dinheiro ao Zé Mourinho era melhor do que dar ao melhor cirugião prtuguês. Deixei de querer iver.
Não quero viver neeste país. Nem a tiro.
Nem pelo prémio que se dão as rappers - por razões de má consciência social.
Quando me apercebi que o premio Nobel não era para Saramago mas para aquele ressentido, deixei de querer escrever. E ele é tão mau que nem um recado é capaz de dar a si mesmo.
Quando me apercebi que a musica em Portugal é para a o RAP - por culpa - deixei de gostar de ouvir musica.

CRISTIANO RONALDO E S SEUS 15 MILHÕES

E quem paga o mesmo a padres?
Quem paga o mesmo a professores??
Quem paga o mesmo a artistas?
Mas a Merche...não é?

Que Sociedade é esta em que se dá dinheiro a gente inutil? E a familiares?

Breve Romero

A gaja é linda (de cu)
Não admira que do ponto de vista pessoal se torne horrivel.
É o que resulta do de leituras breves.
De romances breves.
De uma vida breve.
Tudo muito breve fruto de uma sociedade breve.

Muito mau, mas mesmo MUITO MAU ambiente na Esquerda PT

O Sr. Primeiro Sinistro anunciou ao pais do futebol mais dez barragens.
Para país do futebol isso não quer dizer nda.
O pais do futebol queria era equipamentos tipo Nike! Patrocinio do Genio Serrão.
Mas há uma pais que FODE futebol e não aceita o pais do futebol. Nem as amigas do Serrão.

O Primeiro Sinistro anunciou mais 10 barragens para Portugal. Presume-se que porque RAZÕES energéticas. Não . È por questões de Lucro de empresas que o Cidadão comum irá pagar daqui a dois anos, no ambiente Menezes (presumo que com o meu amigo Sergio «o alcoólico» na cortina dos destinos de Portugal).

O pais com mais sol da Europa (mais do que a Espanha) é o país com menos aproveitaento de energia solar. (Esquecer a Espanha, é uma merda - um mito - em termos de sol!).
O país com mais vento da Europa é o país com menos aproveitamento de eneregia eólica.
O pais com mais costa oceânica é o pais com menos aprovitaento das energias das marés.
Tudo isto resultado de governos Partido Socialista e Partido Socail Democarata.

Um tal Sá Carneiro e um tal Mário Soares. Quem nos livra dessa ralé?

Mas o pais mais Pobre da Europa é o que tem mais barragens. E mais Sá's Carneiros e mais Mario Soares. Eia!!
Mas pelo menos há um pais onde não se atiram pedras nem aos epanhois. A nao ser lá em xima os de- trás-os-montes, mas mesmos esses não são intifada..

Isto é o país que o Partido Socialista nos deu.
Eu que que pensava que era "d'esquerda".
Desiludido pelo PSD. Pelo FBI, pelo CDU. KGB, pelo Hammas. MI5...
À puta que vos pariu nunca fui na vossas organizações de cachecol na Praça!
Só quis aquilo que uma sociedade pobre se esqueceu: DE SI MESMA.

Talvez vez a CDU, me venha dar aquilo que é a realidade portuguesa.

OU o MI5.

sábado, 6 de outubro de 2007

Sampaio, o Inuti,l e a União das religiões.

O antigo presidnte da Republica Jorge Sampaio foi nomeado pela ONU poara "unir " religiões.
Não vai ser capaz. Porque não tem uma unica ideia acerca disso ( e por ser Sampaio, mas isso é outra historia).
Primeiro porque elas - as religiões - não se querem unir.
Nem ninguem quer que se unam.
Segundo, porque elas já estão unidas na sua fraude particular.

Cada uma das religiões é uma fraude. Cada Deus teologizado, institucionalizado, é uma fraude - mesmo hindus ou budistas. Fraudes de Deus. Fraude de uma divindade que está sempre a escapar porque o seu primeiro nome, e único, é LIBERDADE. (Tal como o anarquista Duval dos Mão Morta).

A grande premissa da "união" passa por pensar que as culturas estão desunidas. Não estão. A ONU falhou nisso. Toda a sociedade civilizada falhou nisso.
Porque tudo está unido. Nas suas interdependências.

Cada religião é um um tema incompleto de deus. Cada uma delas.
E cada uma delas está a tentar impor o seu tema - incompleto - acerca de deus. A igreja católica, por exemplo, mas sem humildade, não faz mais do que isso.
Nenhuma dessas religiões vingará. Nem uma.
Quanto mais o islamismo se acirrar mais o cristianismo invocará o seus anjos (quer dizer o FBI e a CIA). Quanto mais os ortodoxos se afimarem, mais os budistas se se ambientarão (quer dizer as hostes ambientalistas). E por aí fora. A VIDA não conhece religiões - isso é coisa das pretensas dominações.
A vida existe. Sem regiões ou religiões.
Não depende de regiões, religiões ou de um Deus Inutil.
A vida existirá sempre. Não precisa de grupos religiosos, seitas.
Os muçulmanos vingarão - em terra árida.
Os judeus vingarão, em terra ressentida.
Os cristãos vingarão em, tera cumprida..
Os católicos vingrão em terra fertil.
Os Protestantes vingarão e terra hostil.
Os budistas vingarão em terra distante.
And so on.l.

Jorge Sampaio não tem uma unica ideia acerca disto.
Nunca teve. Nem vai ter. O homem é um politico carrerista e um ZERO alaranjado afirmativo.
Nunca leu nada de importante - na sua vida inteira - a não ser umas coisas eurocêntricas. Foi nomeado por uma organização ocidentalcêntrica.

Espera-se o quê? Que faça amizade com os pilotos do avião?

Enquanto Presidente da Republica de Portugal a ideia de "União" era para ele tão "hostil" que basta consultar os seus discursos acerca disso para perceber que Jorge Sampaio é (foi) o INUTIL DISFARÇADO.
Jorge Sampaio é, de familia, um carreirista.
Coisa fertil, Mas inutil. Os sampaios são inuteis? São.
Esperemos pelas proximas greações!
Mas o miserável homem não percebeu que ter um ideia acerca da sua própria familia seria mais fertil do que o seu pretenso carisma.

Jorge Sampaio não passa de um Talismã.
Os Sampaios são Chulos de instituições, que tem a importancia que lhes dão.
E não têm nenhuma.

BI 7400231

Carta ao Primeiro Ministro Zé Socras

Sr. Primeiro Ministro,

Nunca votei em si e jamais votarei na pretensa claase politica instalada em Portugal - não têm uma unica ideia.
Nos ultimos dias declarou solenemente a um pais de futebol, digo funebre, mais dez barragens. Declarou tristemente, quase como num fueral, como se não fosse decisão sua.
Notou-se que foi decisão de uma merda que o Sr. Primeiro Ministro não controla - e onde não tem poder.
Toda a gente sabe que a energia não passa por controlar o fluxo natural das coisas, dos elementos, da natureza. Mas você achou que sim, Você e a MERDA que representa acham que sim.
Está (estão?) desesperado? Economicamente? Mande foder a Comunidade Europeia. O João Jardim (que eu não concordo)no seu luxo, intuiu isso. Você eleitoralemente, não.
O Governo PS fez um caralho de um trabalho para devolver aos portugueses a sua terra. E quase conseguiu. Não fosse o Senhor está a tentar vendê-la de novo. Eu acho que isso não é pessoal.
OLhe que eu votei Cavaco e Guterres.
Louçã e Portas.
Sou desses. Nunca votaria em si.
Mas que interessa isto?
A seguir vem outro governo, seja ele de que quadrante for e vai "achar" o mesmo. Vai ser PODER DE HOMENS.

Na verdade na historia você vai ficar como o maior "conas" do país. Não se preocupe: os do PSD ainda são mais.Mas você tem a coroa garantida.
Porque abdicou de uma coisa que o pais tem e toda a tecnica quer negar - riqueza de recursos. Você que tem poder abdicou do seu proprio poder - daí o "conas" em que ficará na (minha) história.
Mandou indentificar um ambientalista. Tristemente.
Não devia.
Coisa triste. Só em Cuba isso se passaria.
Tem seguranças feios, e não mulheres. Feios como você que se vestem mal e respiram pior dos sovacos.
Mas de Cuba lá sabe você.
Não se admire que mais ninguem vá para a politica. Que ninguem como eu licenciado em politica vote no sistema politico português.
Você é muito triste! Pior é ainda o que aí vem. Um tal Menezes, seu amigo.
Mesmo que fosse á esquerda. Admirei-o por ter feito o que mais ninguem teve coragem de fazer - uma reforma interna. Mas falhou ao desculpar-se com economicismos dos quais voce não percebe nada e onde foi visivelemente manipulkado.

Sr. Engº Socrates,
Nunca fui dos que o ridiculrizou, porque você fez um real trabalho. Mas nos ultimos meses detecto uma ausencia de decisão e falta de poder.
Não estava na sua mente inicial, construir mais DEZ BARRAGENS. Porque o está a fazer? Que mal tem o vento, o sol e a água do mar?
Portugal é um país riquisssimo em recursos naturais - o vento, o sol, a água.
Universidades que dariam conta disso!
Está a arruinar o futuro de Portugal?
O seu futuro?
O seu bom nome?
Nunca fui da sua esquerda ou da sua direita mas você pareceu-me, em exercício, um verdadeiro revolucionário. Mas não hoje. Ou jamais ou será.

Repare que não sou comunista, centrista, anarquista ou o que quer que seja. Eu só VEJO O QUE FUNCIONA!
Você não funciona, Sr, primeiro Ministro. Mas funcionou!

Olhe para o País enquanto está no poder e faça esta simples pergunta a si mesmo: O QUE É QUE ESTÁ A FUNCIONAR NESTE PAIS E COMO POSSO VALIDAR ISSSO?

Com os meus melhores cumprimentos,
para uma amizade próspera;

Augusto Manuel Deveza Ramos

B.I. 7400231